Como melhorar a experiência do paciente em tempos de Covid-19

Como melhorar a experiência do paciente em tempos de Covid-19
30 de junho de 2020 Viviane Massi
Como melhorar a experiência do paciente no seu hospital em tempos de Covid-19

Os hospitais brasileiros, tanto públicos quanto privados, estão vivendo momentos desafiadores desde que teve início a pandemia do novo coronavírus e de Covid-19 no país, em março de 2020.  Poucos estavam preparados para esse desafio.

Pensando nesse atual momento, desenvolvemos um e-book com sugestões de três especialistas da área hospitalar: Kelly Cristina Rodrigues, CEO & Founder da Patient Centricity Consulting; Marcelo Boeger, mestre em Gestão da Hospitalidade e coordenador e professor do curso de especialização em Hotelaria e Facilites do Hospital Albert Einstein; e José Luiz de Los Santos, consultor hospitalar.

Ao longo do e-book, você encontrará muitas dicas e orientações que vão auxiliar você e sua equipe a melhorar a experiência do paciente no seu hospital em tempos de Covid-19.

Leia também: Dicas para atender e satisfazer o consumidor pós-pandemia

Atualmente, o atendimento humanizado é o centro das atenções para todos aqueles que buscam melhorar a experiência dos pacientes dentro dos hospitais. Imagine a importância da humanização em meio à pandemia do novo coronavírus! Pacientes querem conversar sobre sua condição de saúde, e familiares querem notícias diárias de parentes internados. Todos estão fragilizados.

A Patient Centricity Consulting criou um projeto colaborativo com o objetivo de coletar e compartilhar as boas práticas que estão sendo adotadas no Brasil e ao redor do mundo para tornar mais dignas as experiências dos pacientes com coronavírus, dos profissionais da linha de frente e de familiares.

Uma solução que tem dado muito certo para amenizar o distanciamento entre pacientes e familiares são as visitas virtuais. No e-book, a gente explica o passo a passo para fazer as visitais virtuais darem certo no seu hospital.

Baixe agora, gratuitamente, o seu e-book.

0 Comentários

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*